Publicado em 27/8/2022 às 18:00

5 motivos porque sua página não vende - E como resolver

Por Agilso
Última atualização em 6/10/2022 às 02:15

Sendo desenvolvedor web há mais de 10 anos, eu já trabalhei nos mais diversos projetos web, acredite. E com o BOOM das landing pages (páginas desenhadas com objetivo específico de venda, captura de lead, etc), eu acabei trabalhando em dezenas delas.

Meu trabalho normalmente envolve não apenas desenvolver a página e botar para funcionar, mas também acompanhá-las. Isso significa fazer testes A/B, acompanhar seus analytics e resultados junto aos proprietários para depois otimizá-las a fim de aumentar a métrica mais importante do negócio: a taxa de conversão.

E com isso, eu pude observar em primeira mão páginas que funcionam e, principalmente para o post de hoje: as que não funcionam. Sabe aquela página que você faz e acredita que ela vai arrebentar... mas ela não converte nem perto do esperado. NÃO TÁ VENDENDO 😡!

Calma, que hoje a gente vai tentar dar um jeito nisso. Aqui estão os principais pontos que eu descobri sobre as que convertem pouco... ou nada.

1. Sua primeira impressão é fraca

Sabe aquele ditado "A primeira impressão é a que fica"? Então, quando o assunto é landing page, a parada é ainda mais crítica. E eu até ouso dizer: A primeira impressão é tudo. Todo visitante entra na sua página com uma das duas perguntas específicas na cabeça:

  • O que tem aí para mim?
  • Aqui tem o que procurando para resolver meu problema ou sanar minha vontade?

Se sua página não tiver a resposta certa nos primeiros 3 segundos de interação, o usuário fecha a página e volta para o Google. Sim, é cruel. Mas este é o nível de exigência que estamos nos deparando hoje.

Sua página deve ser estruturada para que a mensagem acerte em cheio a fome com a vontade de comer. Sacou?

Por isso, não é à toa que toda landing page tem uma frase em grande destaque. Essa frase a gente chama de header e a ideia dela é convencer o visitante que o que ele está procurando está ali. O header é importante porque provavelmente, ele é a única coisa que todos os visitantes lerão. E se você tiver feito um bom trabalho no header, eles vão continuar na página.

Seu visitante tem que entender em segundos o que você está oferecendo.

Então, certifique-se que já no primeiro contato com a página você mostre de maneira clara, com letras grandes e em destaque, acompanhado (ou não) de uma imagem que faça sentido, o que a pessoa vai encontrar.

Erros frequentes na headline

  • Mensagem não clara
  • Contraste visual pobre
  • Muita informação, sem foco.

Imagine não ter uma primeira impressão

Se a primeira impressão é a que fica, imagina não ter uma? A grande verdade é que se sua página demora mais do que 5 segundos para abrir, há chances enormes do visitante simplesmente fechá-la sem nem mesmo ver o conteúdo. E aí, bye bye visitante, bye bye venda.

Como descobrir se minha página está lenta

Se você tem o google analytics no seu site, para identificar se sua página está lenta, você pode observar o tempo de carregamento e também a taxa de rejeição, que mostra a porcentagem de visitantes que deixam sua página sem fazer nenhuma interação (sem visitar uma segunda página, por exemplo).

Como melhorar o tempo de carregamento

E o que você pode fazer para ter uma página mais rápida?

  • Evite imagens grandes e pesadas. Imagem sempre na resolução correta.
  • Use serviços como kraken.io ou compressor.io para comprimir todas as imagens do seu site.
  • Só utilize vídeos onde necessário e dê preferência a hospedá-lo no Youtube ou Vimeo que fazem uma compressão excelente, ao invés de subir na sua própria hospedagem (a menos que você saiba o que está fazendo).
  • Tem mais um milhão de coisas para fazer para otimizar sua página, fale com um programador!

Site quebrado

E para arrematarmos as considerações sobre a primeira impressão, o seu site deve funcionar. Aqui estão coisas que vão minar completamente sua chance de venda:

  • Imagens quebradas
  • Botões quebrados
  • Site parecer quebrado ou não funcionar no celular

Essa última é a mais importante. Hoje, a maioria dos acessos é feito pelo smartphone. E seu site não pode parecer quebrado.

"Se esse cara não teve cuidado nem para me apresentar a proposta, porque eu devo acreditar que ele vai me entregar o que promete?". Pode parecer cruel, mas é verdade.

2. As pessoas não confiam em você ou no seu produto

Não importa o que você faça, se o visitante não confia em você ou na sua oferta, ele não vai comprar. Há várias coisas, tanto do ponto de vista estratégico (vendas/copy) quanto do técnico (melhorias na página) que você pode fazer para aumentar o nível de confiança do visitante.

Pára com papo de vendedor

Sério, hoje em dia, não cola mais. Uma copy original, mandando a true é muito mais eficiente do que você tentar usar palavras rebuscadas, frases de efeito e acabar parecendo um vendedor barato.

Depoimentos reais

Para aumentar seu nível de confiança e credibilidade nada melhor do que mostrar o que seus clientes passados tem falado de você. Ou seja, use a prova social. O meio mais efetivo para que os outros acreditem que podem confiar em você.

E nada de depoimentos falsos. Prefira depoimentos em vídeo ou em tweets, para que o visitante saiba que trata-se de algo real. Do contrário, se um visitante desconfiar que você forjou os depoimentos, acredite, acabou totalmente sua chances de venda.

Quem é você?

O melhor cenário é quando você é uma autoridade no assunto da LP. Profissional com histórico de anos de experiência e números vencedores, e se for o caso, mostre-os! Se você for conhecido no ramo, melhor ainda. É claro que isso aumenta as chances dos visitantes confiarem em você.

Mas se não este for seu caso, não seja um fantasma misterioso. As pessoas gostam de saber de quem estão comprando. Então, aqui estão algumas coisas básicas para aumentar sua taxa de conversão:

  • Diga quem você é
  • Se for uma autoridade no assunto, mostre seus números.
  • Onde te encontrar (endereço / telefone)
  • Email de contato e suporte

E por fim, deixar botão do whatsapp para atendimento na página aumenta drasticamente a conversão.

Anúncio desconexo com headline

Se o texto que a pessoa leu no anúncio que a levou para a página tiver pouca (ou nenhuma) relação com o que ela encontra no headline, o nível de confiança já reduz bastante. E nesse caso, muito provavelmente ela já vai fechar a página aqui.

Em contrapartida, se o que pessoa encontra na página é uma extensão natural do que ela leu no anúncio, isso aumenta muito o nível de confiança e as chances de venda.

Sem garantia

7 dias de garantia e devolução integral do investimento mostram que você confia no que está vendendo e dão segurança para que o visitante continue com a compra.

3. Sua página não é uma Landing Page

Landing pages são poderosas porque focam em alcançar um único objetivo. Único objetivo. As seções da página são desenvolvidas para quebrar todas objeções e convencer o visitante a fazer a ação que esperamos o mais rápido possível (comprar, se inscrever, etc). É assim que uma landing page efetiva deve ser feita.

Distrações

Aliás, uma landing page de verdade não tem nenhum outro link para uma página externa.

  • Não tem barra de navegação
  • Não tem link para a home page
  • Muito menos links para sites externos
  • Única ação de conversão e CTA.

E por que? Porque cada uma dessas coisas são distrações que alongam o caminho da compra. E você não quer fazer isso.

Até mesmo um vídeo do Youtube pode atrapalhar a venda, pois se o usuário clicar ali no logotipo, para assistir o vídeo no Youtube, bye bye conversão. Ele vai entrar numa corrente de vídeos sobre Poker, Sinuca ou qualquer outra coisa que aparecer nos recomendados e nunca mais vai voltar ao seu site.

Pensa comigo, numa landing page, não faz sentido levar o usuário para outra página. Pois a LP deveria ser a melhor para se atingir o objetivo em mente. Numa landing page não faz sentido apresentar múltiplos produtos, porque, aí você vai dar num caso da lei de Hick, que diz que quanto mais opções de escolha o usuário tiver para fazer, mais ele vai demorar. E você quer encurtar o caminho para a venda, não alongar.

Compra ou fecha

E por fim, não dar nenhuma opção para o usuário clicar além do botão de comprar (CTA) tem uma mensagem psicológica poderosa: compra ou fecha a página. São só essas as opções. E acredite, isso é algo poderoso. É difícil dizer não e quem desenvolve páginas dessa maneira, sabe bem disso. Não é à toa.

Onde criar sua landing page?

Se você ainda não tem sua landing page e está querendo aprender uma ferramenta para criar uma LP do zero, num editor online simples e gratuito, eu tenho um outro artigo dizendo exatamente como fazer isso.

Nele eu te mostro a HeroSpark. É plataforma que eu indico para criar landing pages 100% funcionais, da visita até a venda e recebimento de valores do seu produto digital.

4. Você não faz testes A/B

Se você não faz testes A/B, não me admira que sua página não esteja convertendo.

Teste A/B é o nome que se dá quando você compara o desempenho de uma versão A da página com uma versão B, que em grande parte são igualzinhas, a não ser por um pequeno detalhe que é o assunto do teste. Por exemplo, talvez você ache que um botão da cor azul seja melhor do que um laranja. Talvez você queira saber se é melhor botar um vídeo ou uma imagem no header. Afinal, você quer descobrir o que é mais efetivo para converter, certo?!

É exatamente para isso que serve o Teste A/B, para descobrir qual versão/funcionalidade tem melhor desempenho. E uma página de sucesso, de alta conversão, faz isso repetidamente! Não tem jeito.

Quando você faz teste A/B, você para de chutar o que vai ser melhor, você pára de fazer as coisas no achismo, você simplesmente passa a ter certeza de tornando sua página cada vez mais efetiva.

5. Sua oferta é ruim

Se você chegou até aqui, espero que já tenha encontrado nos parágrafos acima, pelo menos alguns pontos para melhorar na sua página. Porque, do contrário, se você fez tudo certinho, está direcionando tráfego (visitas) para sua página e mesmo assim ainda não está convertendo, eu tenho uma notícia péssima para te dar: sua oferta é ruim.

As pessoas não querem o que você está oferecendo.

Talvez seja algo relacionado as condições de venda, como por exemplo, produto está muito caro, sua copy (texto de venda) está realmente muito ruim a ponto de não estar sendo compreendido o que produto faz, ou você está levando o público errado para a página, mas é fato, as pessoas que estão chegando ali não querem o que você está oferecendo. Você precisa reavaliar as coisas.

Talvez, esse seja o ponto mais simples, mas também o mais difícil e importante de entender: as pessoas compram o que elas querem ou precisam.

Não tem muito mais além disso. E talvez você fique bravo por terminar o artigo desta maneira, mas, nem mesmo a melhor landing page do mundo pode vender um produto que não serve para nada e que ninguém quer.

Dúvidas? Ajuda?
Fala comigo no Whatsapp.